Arquivo para Ano Novo | Sorvete de Chiclete
02 • janeiro • 2017

Adeus 2016, olá 2017!



Apesar de acreditar que não precisamos de uma data específica para começar alguma coisa, é impossível esquecer do simbolismo que uma virada de ano tem na nossa mente. É como se um ciclo se fechasse para o começo de outro, como se tivéssemos um breve momento de silêncio para recomeçar, uma renovação de sonhos, projetos, objetivos e, também, uma forma de deixar pra trás os velhos medos e problemas.

Eu sei que 2016 foi bem difícil em vários aspectos, sempre teremos a memória de um ano complicado para o mundo de um modo geral, cheio de altos e baixos e perdas tristes, sejam elas individuais ou coletivas. Consigo ver o quanto esse último ano foi marcante de um jeito negativo pra muita gente, mas pessoalmente eu tenho 2016 como um ano excepcionalmente bom.

Acima de tudo, eu só tenho a agradecer por esse ano. Muita coisa mudou na minha vida, mas tudo para melhor e sempre acho importante a gente relembrar as coisas boas e comparar com as ruins. Já reparou que quase sempre a gente viveu mais alegrias que tristezas?

(Sobre) Viver sozinha te amadurece de tal forma que você simplesmente escolhe ver o lado bom das coisas, porque tudo nessa vida é como uma moeda e sempre terá duas faces, mas cada um escolhe o que ver. Vamos aprendendo a tomar todas as rédeas do nosso destino e vendo que muita frase clichê de crônica de comportamento tem seu valor.

Em 2016 eu vivi o lado mais hostil de um ambiente de trabalho, descobri o valor do silêncio e também da honestidade, amadureci sem perceber e entendi quando não tinha outra opção senão seguir em frente, me dei conta da minha verdadeira vocação e encarei meu medos pra entrar de novo na faculdade, vi a segunda chave do meu apartamento voltar a ser minha e não de outra pessoa, entendi que adoro ser independente, mas que a gente sempre precisa de ajuda e companhia, fiz minha primeira viagem completamente sozinha, tive certeza que amo frio e chuva e do quanto o verão me deixa de mau humor. Num resumo, esse foi o ano em que mais convivi comigo e me descobri como indivíduo. E saber quem você é, da cabeça aos pés, definitivamente não tem preço.

Que 2017 seja mais um ano incrível pra vocês, pra mim e pros nossos sonhos. Acima de qualquer coisaa, que a gente tenha esperança que tudo será melhor daqui pra frente e não tenha medo de tentar novas coisas, de mudar e de se conhecer e se amar cada dia mais.

Espero que ano que vem a gente possa estar cada vez mais perto aqui e lá no YouTube também, pois estou trabalhando (devagar e sempre) em várias novidades. Tirei alguns dias só pra organizar tudo na minha vida relacionado à internet e agora estou pronta pra começar 2017 com toda a força, então FELIZ ANO NOVO!!!

01 • janeiro • 2016

366 páginas em branco


ano-novo-2016
Sempre me pergunto porque ficamos tão preocupados com novos começos na virada de ano. Estamos sempre pensando em metas, resoluções e revendo o que passou, o que teríamos mudado, reclamando pelo que deu errado.

Veja bem, não é uma critica, é que realmente acho curioso pensarmos isso na última semana ou mesmo no último dia do ano que vai acabando. Acho que nós temos essa coisa simbólica de nos preocupar com os recomeços somente quando nos batem a porta, parecendo que não há como escapar das mudanças que queremos realizar e que a meia noite do dia trinta e um de dezembro é a hora de criar uma pequena obrigação de tentar coisas novas.

Ao longo do novo ano, aquele mesmo em que fizemos nossas listas de metas e brindamos ao toque do relógio, essas coisas sempre se perdem. E somos nós que deixamos isso acontecer, porque esquecemos que um ano completo é feito de pequenos pedaços.

São dias, horas e minutos que simplesmente deixamos passar. O ano como um todo é sempre algo em que queremos manter o foco, mas é bem verdade quando dizemos que a vida e a felicidade são feitas de pequenas coisas. Aquele segundo que você deixou passar nunca mais vai voltar, o que deveria ter sido dito em um minuto se perde pra sempre, as ações que deveriam ter sido tomadas naquela exata hora se foram e não voltam mais.

Todos os dias trazem uma nova oportunidade, uma nova chance de fazer qualquer coisa exatamente como sonhamos ou como desejamos que fosse. . Surpresas também acontecem todos os dias, sejam elas boas ou ruins, e talvez aquele dia termine do pior jeito que se podia imaginar. Talvez a gente ache que o ano não valeu de nada e não poderia ter terminado tão ruim, talvez a gente receba uma surpresa boa de quem nem se esperava.

agenda-floral-2016
Daqui pra frente são 366 páginas em branco e nas mãos o poder de escrever qualquer coisa nelas, para fazer cada dia valer uma bela história e uma boa lembrança. Depois que você passar de página não há como voltar, tudo só vai acontecer daquele ponto pra frente. Se o ano passado não foi como você gostaria, só você tem como fazer o novo ano ser exatamente do seu jeito.

Ainda há tempo pra escrever hoje. Comece já!

31 • dezembro • 2014

As próximas 365 oportunidades


corações

Eu estive pensando na melhor maneira de deixar essa mensagem. Tentei fazer um vídeo legal, um melhores do ano, uma retrospectiva. Nada me agradava muito no resultado final, não passou a sensação que eu gostaria que vocês tivessem, sabe? Às vezes me expresso melhor com as palavras mesmo.

O ano acabou e é quase impossível não pensar no que vem que pela frente nesse próximo que, de mansinho, já está apontando ali no horizonte. Geralmente esse é o momento em que fechamos os nossos planos e metas pro novo ano e desejamos que varias coisas se realizem nos próximos 365 dias.

Tive o prazer de viver um 2014 incrível. Veja bem, incrível, porém não perfeito. O balanço que faço agora é de que todas as coisas que aconteceram e não foram tão boas assim, não vieram por acaso. E todas as coisas legais vieram na medida certa para serem inesquecíveis.

Desse modo, não poderia terminar o ano fazendo pedidos, mas sim agradecendo muito por todos os momentos bons e os aprendizados e por todo o amor que recebi, pessoal ou virtualmente. Obrigada por todas as visitas, por todos os comentários, por todas as inscrições no canal, por todos os corações que vocês espalharam nas timelines. Esse ano maravilhoso também é responsabilidade de vocês.

O brinde do meu ano novo desta vez é à felicidade. E às próximas 365 oportunidades de agradecer e fazer o que pudermos de melhor!

Um beijo no coração de todos, feliz 2015 <3

Sorvete de Chiclete - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017 - Ilustração por Juliana Rabelo